Buscar
  • Danielle Laís

Acordado a viagem toda! – 5 dicas para espantar o sono no volante

Às vezes, o sono ao volante pode parecer inofensivo, e os motoristas podem se sentir no controle da situação, porém, se trata de uma situação extremamente perigosa!

O sono é um dos principais causadores de acidentes fatais nas estradas brasileiras, e diante deste cenário, ajudaremos você com algumas dicas para ficar acordado durante todo o seu trajeto!


Perigos de dirigir com sono:

De acordo com os dados de um estudo divulgado em 2019, realizado pela Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (ABRAMET), cerca de 30% dos acidentes que acontecem no período da noite nas estradas ocorrem por motoristas que dormem no volante, o que corresponde a 20% das mortes nas estradas do Brasil.

Os dados mostram que dirigir com sono é uma enorme irresponsabilidade, que traz diversos perigos para os que estão trafegando pelas rodovias.


Sintomas de sono

· Redução dos reflexos – A diminuição dos reflexos afeta completamente a capacidade de resposta do ser humano a qualquer estímulo. Com menos atenção, os reflexos são lentos e a reação é mais demorada. Dirigir torna-se perigoso pois exige completa atenção do motorista, que precisa estar preparado para reagir a qualquer problema que possa encontrar pelo caminho.


· Olhos ardendo – Um dos sintomas mais fortes do sono. Junto da ardência nos olhos, vem o embaçamento da visão e a necessidade de piscar continuamente.


· Se manter na faixa fica difícil – Com sono, qualquer coisa fica difícil para o cérebro processar. Se durante a direção você está percebendo dificuldade em se manter na faixa, pode significar que suas capacidades estão reduzidas por causa do sono.


E como evitar o sono na direção?

1 – Durma bem

Ter um sono de qualidade é uma das melhores maneiras de espantar o sono e garantir uma boa viagem, com bastante energia. Ter uma boa noite de sono evita que você fique sonolento ao longo do dia ou, principalmente, da noite, quando fica ainda mais difícil para se manter acordado pela baixa luz, que acaba estimulando o sono.


2 – Não ultrapasse os limites do seu corpo

Normalmente, a sonolência está ligada ao desgaste do seu corpo. A rotina dos motoristas é cansativa e desgastante, exigindo esforço durante toda a viagem. Por isso, é necessário compreender os sinais de sonolência que seu corpo mostra, com respeito aos limites do seu corpo.

Dormir é essencial para ter disposição física e mental durante toda a viagem.


3 – Exercícios físicos, alongamento e respiração

Durante as suas pausas, fazer exercícios físicos, alongamentos e controle respiratório ajuda a evitar que o sono apareça durante a viagem.


4 – Não use remédios ou outras substâncias que estimulem o sono

O que você consome está ligado diretamente ao seu sono. Tanto alimentos quanto outras substâncias afetam o seu sono. Preste atenção no que você ingere durante seu dia, evitando medicamentos e chás que estimulam o sono.


5 – Coma alimentos leves

Normalmente, após as refeições sentimos sono, o que fica ainda mais forte depois de comer alimentos pesados ou em grande quantidade.

Prefira alimentos mais leves para garantir que sua energia não será completamente utilizada durante a digestão.


Gostou das informações de hoje? Compartilhe com seus amigos das estradas para sempre manterem-se alerta aos riscos do sono ao volante!

0 visualização

Cnpj: 23.427.256/0001-85

Desenvolvido por